Storytelling emocional, porque investir e como incluir?

storytelling-emocional-porque-investir-e-como-incluir-punchstudio

Storytelling emocional tem sido cada vez mais usado nas estratégias de marketing das empresas. Isso porque, o objetivo é se conectar com mais emoção com seus clientes. As tradicionais propagandas e anúncios que impulsionaram a efetuar uma compra, já não estão mais alcançando o consumidor.

Isso acontece porque a grande maioria dos consumidores têm buscado uma marca que conte uma história por trás de cada posicionamento. Principalmente uma história que traga o emocional à tona. 

Vale reforçar que, você não precisa ser uma grande empresa, para ter um bom storytelling. Qualquer empresa consegue aplicá-lo em suas estratégias, é preciso prestar atenção à mentalidade dos consumidores. Vem cá que vamos te explicar. 

Porque investir no storytelling emocional?

Há muitas coisas que o ser humano busca de forma inconsciente. Como por exemplo a gratificação do ego, o amor, a segurança emocional e o poder, e elas podem ser ativadas através do marketing da sua empresa.

Mas vale tomar cuidado quando for escolher qual emoção quer despertar no consumidor, e assim não gerar uma confusão. 

Um momento que acabou gerando em muitas marcas o desejo de se conectar com seus clientes foi durante a pandemia. E como as marcas estariam marcando presença num momento tão confuso? 

A Nike nos ensina de forma clara e simples, o quanto é necessário conhecer seus consumidores e como manter a esperança mesmo diante a um pesadelo. 

Como incluir? 

Incluir a emoção na sua estratégia não é um bicho de sete cabeças, é apenas um inverter de prioridades.

Por exemplo, enquanto você pensar em vender, vender, vender as vendas acontecerão de forma pontuais. 

Mas a partir do momento que você desejar marcar presença para o consumidor, você entendeu tudo. Ou seja, se o seu desejo é que a sua marca acompanhe as pessoas em todos os momentos, você passa a contar histórias, e as histórias passam a se conectar. 

É necessário que você marque presença e alcance a emoção do cliente em potencial para incluir o storytelling emocional na sua marca.

Como acompanhar o storytelling emocional? 

É praticamente impossível conseguir quantificar quantas vendas foram feitas através das reações emocionais. Mas é totalmente possível mensurar como ela afetou a interação com a sua marca. 

Ou seja, é possível acompanhar quantos clicaram nos links do e-mail marketing, ou quantas pessoas assistiram e comentaram nos vídeos da sua rede social. Essas interações são reflexos em relação ao emocional da sua marca. 

Assim que o cliente passa a compartilhar e falar da compra realizada fica possível acompanhar os resultados do branding emocional nas suas estratégias. Principalmente de forma orgânica.

Isso vai torná-los fãs da sua marca, praticamente embaixadores. Eles estarão entusiasmados em divulgar a boa experiência emocional que sua marca gerou à eles. 

Ou seja, para finalizar, se você alcançar pessoas que tenham orgulho em compartilhar os valores da sua marca de forma orgânica é sinal de que conseguiu estruturar um storytelling emocional perfeito. 

E aí, tá preparado? 

Vamos falar?

Estamos sempre conectados e prontos para falar.
Chama a gente!

Entre em contato
EnglishPortuguês