Logotipo é uma marca? Quais as diferenças?

logotipo-e-uma-marca-punchstudio

Se o logotipo é uma marca? Não, não é apenas isso. E essa é a dúvida mais frequente entre os empreendedores. Pois muitos acreditam que o desenvolvimento de um elemento gráfico, representa a marca de sua empresa.

Mas não é assim, a ordem mais correta para o nascimento de uma marca é ter um propósito e a partir disso todo o restante ser desenvolvido com um significado. 

Em geral, é normal pensarmos que marca e logotipo são a mesma coisa, mas na realidade temos grandes diferenças. Vamos entender melhor? Continue lendo o nosso post. 

O que é um logotipo? 

Logotipo, logo ou ícone, são termos que associam ao elemento visual da sua marca. Por exemplo, o M do McDonalds, ou a sereia de duas caudas da Starbucks. Ou seja, esses dois elementos, que fazem com que eles se destaquem entre os concorrentes, são considerados como logotipo.

Mas lembre-se, não são eles que fazem da sua marca uma marca bem posicionada, eles são um dos pilares importantes nesse processo. 

O logotipo serve como base para construção da sua identidade visual. Isto é, ele ajuda a definir as cores, fontes, padrões e conceitos da marca para que no momento em que o logotipo não estiver aparente, ainda assim o consumidor consiga identificar a marca. 

Para entendermos de forma simples, o logotipo é uma representação gráfica do nome fantasia da sua empresa que são utilizados símbolos e tipografia diferentes para destacar a sua marca das demais.

O que é uma marca? 

Entendido que logotipo não é uma marca, vamos ao mais complexo porém fundamental para a sua empresa. Isto é, quando falamos de marca estamos falando da percepção do cliente com a sua empresa.

Ou seja, assim como todas as pessoas, as marcas também devem ter personalidade, tom de voz, objetivo, missão, valores e até fraquezas. A marca tem total responsabilidade em conectar o consumidor com a empresa, e é aqui que muitas marcas falham. 

Pois ao entrarem no mercado acreditam que depois de um tempo fica fácil mudar seu posicionamento, mas não. A marca não é tão volátil como o logotipo, quando desenvolvida é imprescindível que a marca continue sendo a mesma desde o começo. Claro que a transformação é natural, mas entenda, o motivo pelo qual ela nasceu não se altera.

Para sermos mais claros, uma marca só nasce para frutificar quando ela tem como sustentação um propósito. E é assim que muitos consumidores passaram a apoiá-la e disseminá-la de forma orgânica e natural, pois se conectam com quem ela realmente é. 

Existe marca sem logotipo? 

Também não! Eles não existem um sem o outro, ou seja, o logotipo é responsável em transmitir a sua marca nos materiais visuais da sua empresa.

Por fim, para que a sua marca alcance patamares mais altos é necessário que a marca e o logotipo trabalhem juntos. Desta forma toda e qualquer estratégia passará a ter maiores chances de ser relevante no mercado e na mente dos consumidores. 

E aí, tá pronto pra trazer a tona o propósito da sua marca? 

Vamos falar?

Estamos sempre conectados e prontos para falar.
Chama a gente!

Entre em contato
EnglishPortuguês